agenda arquivos
  • por um consumo mais consciente…

    Afastar parasitas das plantas: Colocar no liquidificador 3 cebolas, 1 cabeça de alho, 2 pimentas-malagueta e 1 colher de sabão em barra. Bater com meio litro de água e espalhar nas plantas. Ou ainda colocar 1 cabeça de alho em um pouco de água e deixar impregnar por cerca de 10 dias. Usar, em spray, para pulverizar as plantas. leia mais!

  • Sacoleco

    Os Impactos

    O uso excessivo dos plásticos descartáveis é um dos graves problemas ambientais do mundo de hoje.

    As sacolas plásticas possuem um tempo de degradação entre 200 a 450 anos e por serem produzidas em elevadas quatidades seus impactos negativos são inúmeros.

    Por sua leveza tendem a voar e espalhar-se pelo meio ambiente, muitas vezes chegando a rios e oceanos, podendo afetar a integridade de animais por ingestão do material ou asfixia.

    Ao cair em canos de esgotos podem entupir os bueiros e causar enchentes. quando depositados nos lixões ou nos aterros sanitários dificultam a decomposição de material biodegradável por reterem água.

    Sua produção acarreta emissão de gases poluentes.

    Esses impactos negativos podem ser diminuídos se estimularmos o uso de sacolas mais duráveis no lugar de sacolas descartáveis. A criação e produção de sacolas mais duráveis por empreendimentos de economia solidária pode ser uma alternativa de geração de trabalho e renda.

    Gerar trabalho e renda para populações excluídas é um grande desafio para países em desenvolvimento.

    O Sacoleco

    Geração de renda e conservação ambiental

    O projeto Sacoleco se desenvolveu como uma das ações do grupo ConsumoSol com apoio da INCOOP/UFSCar.

    Ganhador do 10º Prêmio UNISOL (Prêmio Banco Real Universidade Solidária), o SACOLECO enfoca as esferas social e ambiental em suas ações. Os principais objetivos do projeto são:

    – Trabalhar para a conscientização das pessoas quanto à necessidade de reduzir o consumo de sacos/sacolas plásticas descartáveis;
    – Estabelecer articulações que favoreçam a consolidação do uso de sacolas mais duráveis;
    – Criar oportunidades de geração de renda para empreendimentos de economia solidária de costura e artesanato, por meio da criação, produção e distribuição de sacolas mais duráveis.

    O SACOLECO está construindo uma relação solidária no município de São Carlos-SP, envolvendo grupos de economia solidária, consumidores, pequenos empresários e outros atores em uma criação coletiva em benefício da conservação ambiental e inserção social.

    Veja aqui as fotos de alguns produtos do grupo.